Basílica

29.10
Basílica de São Miguel Arcanjo celebra Missa Votiva ao seu padroeiro
Basílica de São Miguel Arcanjo celebra Missa Votiva ao seu padroeiro

No dia 29 de outubro, a Basílica de São Miguel Arcanjo celebrou o dia Votivo ao seu padroeiro. O reitor, padre Márcio Almeida, acolheu com alegria os devotos e romeiros presentes: “É com alegria que peregrinamos a essa Casa, para vivenciarmos esse momento de fé, nos colocando na presença de Deus e acolhendo todo o amor e toda a graça que Ele manifesta em nossa vida”, declarou o sacerdote ao início da celebração.

Fazer o bem não tem dia certo

O Evangelho do dia – Lucas 13,10-17, que narra o episódio em que Jesus realizou a cura de uma mulher em dia de sábado, deixando o chefe da sinagoga furioso, inspirou a reflexão de padre Márcio. “Jesus desejava sempre fazer o bem às pessoas que se aproximavam dele. A vida de Jesus e a sua mensagem principal é a experiência do amor fraterno, do cuidado para com o próximo, pois fazer o bem não tem dia certo”, indicou.

Dando continuidade à sua homilia, o reitor ressaltou que a síntese da Palavra de Deus, vivida e anunciada por Jesus, é a experiência do amor fraterno. “A nossa essência vem de Deus; Deus é amor. Portanto, a nossa essência também é o amor. Nós fomos criados e nós vivemos para praticar o amor e, assim, devemos fazer”, exortou.

Detendo-se também da Primeira Leitura do dia, Carta de São Paulo aos Efésios 4,32-5,8, padre Márcio acrescentou: “Sede bons uns para com os outros e a vida se torna bem mais leve (...). Somos perfeitos e acertamos o tempo inteiro? Não. Somos marcados pelo pecado, mas a experiência da conversão nos faz olhar para a nossa miséria e correr para Deus, para ter a nossa vida transformada”.

Na conclusão de sua reflexão, o sacerdote convidou os fiéis a renovar o compromisso com Deus. “Muitas pessoas vieram em peregrinação para viver a experiência com Deus nessa Casa que nos acolhe.  (...) A Basílica é um lugar de graças especiais, um lugar de encontro com Deus de forma mais intensa. Precisamos nos apropriar disso, abrir nosso coração e dizer a Deus: ‘sim, eu quero viver essa experiência, eu quero aproveitar esse momento e sair renovado, com o coração mais leve, com mais desejo de praticar a Sua Palavra’”.

Momentos especiais

Ao final da Missa, aconteceram alguns dos momentos mais aguardados pelos presentes. Os fiéis foram convidados a voltar o olhar para a Imagem de São Miguel Arcanjo para a Consagração ao santo padroeiro. “Nesse dia votivo, queremos pedir que ele interceda por nós, pela nossa vida, pela nossa caminhada, que sempre nos defenda nos combates da vida”, disse padre Márcio.

Em seguida, o reitor realizou a tradicional queima dos pedidos do mês de outubro e bênção dos objetos. Por fim, saudou as caravanas presentes – provenientes de Pilar do Sul, Sorocaba e Itapetininga/SP – com uma calorosa salva de palmas.

Crédito: Laura Reis e Daniele Castro/Amex

Informativos